Vamos falar de coisa boa?

Sou daquelas pessoas que quando descobre algo bom correr logo para compartilhar com as amigas. Acredito muito que as coisas boas da vida devem ser compartilhadas, e então aqui começa mais uma série de post no blog.

Vamos falar de coisa boa?

Dona de uma voz versátil, Kell pode aparecer suave e com um belo tom em “Era Uma Vez” e agressiva nos versos de “Viajar É Preciso”, que também apresenta o lado rapper da novata.

Se você ainda não ouviu nenhuma musica dela, se prepare porque quando começar não vai mais querer parar.

Kell Smith de 23 anos que tem como grande influência em sua carreira artistas como Elis Regina, nos presenteia e resgata a qualidade da música brasileira com letras bem escritas e mensagens que envolvem e transportam; é o caso do single – Era uma vez.

Não queremos e nem podemos desmerecer os artistas no cenário atual, tem algumas exceções. Vale lembrar que valorizar a cultura é bem mais que produzir o que o povo gosta, é fazer o povo gostar do que é bom; se não for produzida músicas mais refinadas, não haverá cultivo do interesse, e de fato existe música boa produzida em longa escala, apenas não ganham tanto espaço na mídia grande influenciadora da cultura de massa. No entanto hoje temos a internet onde esses artistas podem divulgar seu trabalho, Kell Smith está no Spotify onde quem tem acesso ao aplicativo pode ouvir mais músicas, no youtube e em outras plataformas, também podemos saber um pouco mais sobre a artista.

Em Era uma vez a artista trás o seu lado doce, falando de saudade de um tempo que não volta mais, onde as dores eram mais simples.

“[…]Dá pra viver Mesmo depois de descobrir que o mundo ficou mau
É só não permitir que a maldade do mundo
Te pareça normal
Pra não perder a magia de acreditar na felicidade real
E entender que ela mora no caminho e não no final
É que a gente quer crescer 
E quando cresce quer voltar do início 
Porque um joelho ralado 
Dói bem menos que um coração partido 
É que a gente quer crescer 
E quando cresce quer voltar do início 
Porque um joelho ralado 
Dói bem menos que um coração partido.”

Kell é versátil consegui ir de um extremo a outro sem sair de sua essência. seu primeiro sucesso – Respeita as Mina; “[…]Respeita as mina/Toda essa produção não se limita a você/Já passou da hora de aprender/Que o corpo é nosso nossas regras nosso direito de ser”.  Possui caráter mais intenso e engajada em uma mistura de rip hop com pop.

Se você ainda não ouviu falar de Kell Smith, ainda vai ouvir, música boa deve ser valorizada e divulgada a jovem com seu talento já começa a deixar de ser promessa para ser realidade no cenário musical brasileiro.

 

E por aí, o que vocês estão fazendo ou achou de bom? Conte pra mim nos comentários!

Acompanhe também no Instagram @thaubarbosaa tem sempre novidades!

Anúncios

3 comentários sobre “Vamos falar de coisa boa?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s